Onde viajar em Junho 2020? os melhores destinos de férias

Você procura um destino quando entrar de férias no mês de junho no estrangeiro? Encontre aqui os melhores destinos , aonde ir em junho de férias com bastante sol com base sobre períodos sazonais.

Top 30 de destinos de viagem em junho

Eis os destinos mais plebiscitares para visitar em Junho 2020 com uma meteorologia sempre boa e propícia a umas férias bem-sucedidas.



Onde viajar em junho 2020: mapa de destinos em todo o mundo

Encontre no mapa todos os destinos com bom clima em junho 2020.

Legenda: tempo perfeito bom correto

Férias no mês de junho: para onde ir de acordo com os seus desejos?

Onde ir em junho? Para ter a certeza que vai viver uma viagem de sonho, o clima é, certamente, o fator mais importante. No mês de junho, várias possibilidades estão disponíveis para si. A melhor época do ano para viajar na Europa, na América do Norte e em Magreb. Outros destinos também se deixam descobrir em excelentes condições climáticas nos quatro cantos do mundo.

Para onde ir em junho para desfrutar do sol e tomar banhos no mar?

Para desfrutar do sol e de temperaturas agradáveis, siga em direção à Europa Meridional que oferece um clima ideal durante o mês de junho, nomeadamente, no Chipre, onde o clima é particularmente agradável em toda a ilha, desde Nicósia a Agros. A Espanha é outra opção para aqueles que não desejam ir para muito longe. Encontrará facilmente um cantinho tranquilo para arrumar as suas malas na Andaluzia. Nesta região magnífica, as praias competem em beleza: a Playa de Mónsul, a Playa el Playazo e a Playa de Bolonia são só algumas das praias. Se preferir um ambiente insular, vá em direção à Grécia, ou mais precisamente a uma das fantásticas ilhas gregas. A ilha de Corfu, Chios, Lesbos, Mykonos… todas oferecem um clima ideal durante o mês de junho.

A França inicia uma bela transição entre a primavera e o verão. As temperaturas, no sul, aquecem e as águas do Mediterrâneo mostram-se ótimas para todo o tipo de atividades balneares. Procura o local ideal para ir de férias em junho na França? Será, certamente, conquistado pela Córsega, a ilha de Ré, a ilha de Oléron e Nice. Um ambiente completamente diferente esperá-lo no Médio Oriente, onde alguns destinos se destacam. Para conjugar o sol com o novo ambiente, porque não se deixar tentar por uma escapadinha na Turquia? De Antália a Izmir, o país oferece um clima agradável e propício aos longos dias de praia. É também o caso da Jordânia, do Egito e de Israel, onde as costas do Mar Vermelho são todos os dias inundadas pelo sol.

Do outro lado do mundo, o clima é muito contrastante. Pode desfrutar da praia da Austrália e da Nova-Caledónia. Contudo, é preferível evitar certas ilhas do Pacífico-Sul, nomeadamente as ilhas Gilbert onde o clima é desfavorável. Na Polinésia Francesa, pode ainda passar um tempo nas extensões de areia fina no Taiti e nas ilhas Gambier. Aí, terá direito a uma bela paisagem exótica com coqueiros altos em pano de fundo. As ilhas do Oceano Índico oferecem o mesmo cenário: a Reunião, a ilha Maurícia, as Seicheles ou Madagáscar. Só tem de a dificuldade de decidir!

Visitas e cultura no mês de junho: para onde ir?

É, certamente, um dos melhores períodos do ano para realizar uma viagem cultural no continente europeu. As temperaturas ainda são muito amenas, o que permite longos passeios nos centros históricos e nas cidades carregadas de história sem ter que sofrer com o calor. Pode, nomeadamente, visitar a Grécia, em particular, a cidade de Atenas onde a Ágora, a Acrópole e o seu museu o levarão até vários séculos atrás. O clima é também ideal na Itália, se bem que cairá facilmente no charme de Veneza, de Florença ou ainda de Roma, todas têm uma arquitetura inacreditável onde a História deixou pegadas permanentes.

A Europa do Norte também começa a despertar e a beneficiar de um clima favorável para as visitas turísticas e culturais. Pode, por exemplo, ir para Amesterdão ou Roterdão nos Países Baixos, ou ainda para um dos países bálticos. Vilnius, a capital da Lituânia, deixa-se descobrir agradavelmente num fim de semana: vagueie na sua velha cidade registada como património mundial da UNESCO, admire as esculturas e pinturas do bairro boémio de Uzupis e passeie à beira dos rios. Para uma estadia curta, Portugal é uma opção interessante. Em junto, o tempo é particularmente agradável para fazer escala em Lisboa e visitar Alfama, o bairro mais antigo, onde as ruelas estreitas escondem joias arquitetónicas. A Roménia, a Eslováquia, a Suíça, a Croácia e, claro, a Espanha, são outras ideias de destinos europeus onde uma estadia em junho se mostra rica em descobertas.

E em França, no mês de junho? É melhor privilegiar as regiões abertas ao mar, onde o clima se mostra pronto para os prazeres dos passeios no interior. Na Aquitânia, poderá, por exemplo, visitar Biarritz, Baiona, Sarlat e Bordéus. A Bretanha também é interessante, com destinos faros como Saint-Malo e Brest. Do outro lado do Mediterrâneo, o Egito revela alguns dos seus mais belos tesouros na cidade de Alexandria: o palácio e os jardins de Montazah, assim como a Fortaleza de Qaitbay.

Férias na natureza e caminhadas em junho

Em junho, a Europa oferece uma verdadeira lufada de ar fresco, com os seus campos de flores, as suas montanhas verdes e os seus trilhos pedestres protegidos da poluição. E como não está muito calor nem muito frio, a caminhada é a melhor maneira de explorar a natureza. Leve água, calçado confortável para andar, protetor solar e não se esqueça dos seus óculos de sol, siga para a ventura!

Por entre os locais mais bonitos para caminhar na Europa, podemos citar os Cárpatos na Roménia, onde desfrutará de uma paragem no castelo de Bran. Na Grécia, é a acensão do Monte Olimpo que tentará os mais temerários. É preciso também coragem e perseverança para percorre o Caminho de Santiago de Compostela que liga França a Espanha. Na Ucrânia, deixarmos para trás Kiev e Ialta para nos dedicarmos a uma das joias naturais do país: a Reserva Natural do Karadag, que se deixa descobrir durante uma caminhada de cerca de 7 km. E para aqueles que desejam verdadeiramente estar em comunhão com a natureza, a Finlândia é o lugar indicado. Neste país com contrastes impressionantes, é preciso está um pouco frio no mês de junho, mas a natureza oferece as suas mais belas cores. Siga o circuito de caminhada UKK para admirar as paisagens selvagens e apreciar todos os tipos de animais, incluindo ursos e linces.

Na África do Sul, mais precisamente na Cidade do Cabo, poderá andar no jardim botânico de Kirstenbosch até ao alto da Table Mountain para desfrutar de uma vista maravilhosa sobre o mar depois de ter atravessado uma vegetação luxuriante. As ilhas do Oceano Índico são também verdadeiras terras de aventura para os apaixonados por trekking, corrida e bicicleta. Na ilha da Reunião, deixar-se-á surpreender pela beleza das paisagens que levam ao Cirque de Mafate, ou ainda pelo cenário lunar do Piton de la Fournaise. Em Madagáscar, as mais belas caminhadas desenrolam-se, sobretudo, a sul, com paisagens pitorescas e uma incursão nos parques nacionais onde vivem várias espécies de lemúrios.

Onde passar férias desportivas em junho?

O desporto é muito melhor quando beneficiamos de um grande espaço, longe da confusão. Para desfrutar totalmente das suas férias desportivas, porque não optar por um destino longínquo? No Equador, as ilhas Galápagos oferecem um clima favorável que permite a prática de várias atividades como o BTT, a caminhada e o mergulho subaquático. Nem sempre nos lembramos, mas Lima, a capital do Peru, é um ótimo destino para férias desportivas graças à sua localização privilegiada entre a Cordilheira dos Andes e o mar. Pode, nomeadamente, fazer surf e parapente por lá. No entanto, evite viajar para Juliaca e Iquitos onde o clima é muito desfavorável.

No Egito, uma estadia com mergulhos tem todas as hipóteses de se desenrolar em excelentes condições climáticas no mês de junho. Em Hurghada ou em Charm el-Cheikh, o Mar Vermelho não desce dos 20ºC e possui uma abundância de vida, um universo excecional a explorar! Pode igualmente aceder a este sítio de mergulho inacreditável em Israel e na Jordânia, ambos abertos ao Mar Vermelho. Com os seus ares do outro lado do mundo, a Austrália promete também uma estadia sensacional entre terra e mar. Esqueça a Tasmânia onde o clima é desfavorável e concentre-se sobretudo em Cairns, Darwin, Perth, Sidnei, etc. Surf, mergulho subaquático, voo em balão de ar quente, caminhadas no bush australiano, golfe, kayak, rafting… uma lista longa de atividades desportivas estão à sua espera.

Os que têm alma de aventureiro e os viajantes à procura de adrenalina serão conquistados pelas paisagens selvagens da ilha da Reunião e das várias possibilidades oferecidas pela ilha. Praticantes de desportos náuticos, amadores de desportos terrestes, apaixonados por desportos em água corrente… existe de tudo e todos! Para aqueles que preferes ir para França, poderão desfrutar de desportos e sensações iguais na Aquitânia, de Bordéus a Biarritz: trepar árvores, alpinismo, escalada, equitação, canyoning, bodyboard, kayak no mar, etc. Logo ao lado, a Espanha também é propícia ao turismo ativo. Desde a Costa Brava à Costa Dorada divertir-se-á a andar de bicicleta junto ao mar, a escalar montanhas ou ainda a iniciar-se no rafting. Outros destinos que valem a pena para sentir várias emoções são a Itália, a Grécia e os Estados Unidos.

Onde ir em família no mês de junho

Para férias em família bem-sucedidas, não precisa necessariamente de ir para muito longe. As crianças ficarão contentes por visitar a Disneyland Paris e o Parc Astérix que acolhem os visitantes num clima agradável durante junho. Pode também desfrutar das praias familiares da Aquitânia e inscrever as crianças em aulas de surf. Em Poitou-Charentes, vários sítios valem uma visita, é o caso do zoo de La Palmyre, o pântano Poitevin, o Puy du Fou e o Futuroscope. A cerca de duas horas daí, a Espanha também se mostra acolhedora e calorosa para com as famílias, oferecendo tanto aos mais jovens como aos mais adultos a oportunidade de descobrir lugares únicos, como o Parque Zoológico da Córdoba, o aquário de Barcelona e o parque de Port Aventura.

Para viagens com um pouco de exotismo, porque não se deixar seduzir pela ilha Maurícia? Destino familiar por excelência, esta ilha ensolarada deixará o seu charme com longas praias de areia branca acariciadas por águas cristalinas. Snorkelling, mergulho, banhos, parque aquático, cascatas, pesca, mercados animados… tem tudo para uma escapadinha de sonho. Mais perto que isso, tem o Algarve, uma escolha evidente para férias divertidas com as crianças. Para além das atividades propostas nos hotéis, tem várias excursões acessíveis. Pode, por exemplo, passear de barco e observar os golfinhos, fazer um safari numa 4x4, ou ainda explorar o parque oceanográfico, o Zoomarine.


Recomendado para si: